Notícias

Postado em 12 de Julho de 2015 às 14h46

BI tradicional está fracassado, diz Gartner

O Business Intelligence (BI) tradicional fracassou”, afirmou hoje (23) João Tapadinhas, diretor de Pesquisas do Gartner, durante evento realizado pelo instituto em São Paulo. Segundo o executivo, as empresas não podem mais trabalhar com ferramentas antigas diante da sofisticação da tecnologia analítica, principalmente com o avanço da computação em memória e na nuvem.

“Estamos falando de uma nova geração de plataformas com mais capacidade de análise de dados e gestão da informação”, aponta. Na visão do Gartner, esse cenário já está transformando as empresas, inclusive nas iniciativas dos usuários de negócio, que ganharam mais autonomia para comprar e implementar soluções de analytics. 

Essa liberdade para o usuário será também apoiada pela equipe de TI no que diz respeito a capacitação e entendimento das ferramentas. “Para uma análise de dados mais inteligente, o Data Discovery com recursos de governança será a tecnologia predominante nos próximos anos. Conforme as empresas ganham mais maturidade no analytics, a equipe de BI pode estender suas capacidades para as unidades de negócio trabalharem de forma mais autônoma”, completa.

Em geral, o mercado de tecnologias analíticas cresceu de 2014 para 2015, tanto em empresas que já estão utilizando quanto nas que pretendem investir nessa área. Na América Latina, 29% das 2.083 empresas entrevistadas pelo Gartner estão usando BI na nuvem. Soluções em memória (26%), Data Warehouse (21%), análise preditiva (33%) e BI móvel (25%) também são soluções em uso nas empresas da região. Para o futuro, o BI móvel está no topo da lista de prioridades das empresas latino-americanas com 49%.

De acordo com os estudos do Gartner, os líderes de TI e analytics estão vivendo em um mundo de 50%, passando metade do tempo no BI tradicional e a outra metade no mundo emergente das ferramentas analíticas mais avançadas. Para Tapadinhas, o ideal é que as organizações avancem seus conhecimentos a fim de não mais trabalhar com relatórios antigos, com informações do passado, mas que adicionem uma capacidade de exploração de dados contando com a participação dos usuários na construção de uma plataforma analítica mais eficaz.

Oportunidades

Do lado dos fornecedores de tecnologia, Donald Feinberg, VP do Gartner, aponta que não só as grandes companhias de TI como SAP, IBM, Oracle e Microsoft, por exemplo, estão desenhando suas estratégias para atender essas demandas, mas também as startups. “Percebo que o Brasil está acolhendo um grande número de pequenas empresas de tecnologia capazes de entregar as mais variadas ferramentas em memória, SQL, Streaming ou Hadoop. Aliás, esse mercado de analytics oferece uma diversidade na forma de entregar tecnologias”, aponta o analista.

Segundo Feinberg, os modelos que mais farão sucesso no universo do analytics é a computação em memória e na nuvem. “Cloud e in memory estão mudando o cenário das empresas no mundo inteiro e isso está chegando no Brasil. Os grandes players e as startups já estão preparando suas ofertas. Acredito que em dez meses, teremos o uso pleno do analytics no País”, completa.

Em termos de áreas de investimento, das 2.083 organizações que responderam à pesquisa do Gartner, 28% indicaram que estão implementando ativamente BI na nuvem, atrás apenas da mineração de dados e análise preditiva. Em todo mundo, a mobilidade ainda não alavancou, apesar de ser um setor de potencial investimento. Apenas 18% das organizações estão ativamente usando BI móvel e 42% pretendem implantá-lo em 2015.

Extraído de: http://www.decisionreport.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=19721&sid=29



Veja também

A tranformação Digital - por Georjes J. Bruel 11/05A Transformação Digital não é sobre super tecnologias, mas sim sobre a experiência que essas tecnologias podem proporcionar ao ser humano. “A Transformação Digital é tanto uma história de tecnologia quanto uma história sobre como pessoas guiam as mudanças dentro e fora das companhias. O fator humano é destaque em todos nossos estudos sobre este tema. É realmente a força catalisadora por trás da evolução e revolução dos negócios.”......
Você quer tomar decisões mais assertivas da sua empresa?19/10 Com o Qlik Sense as informações da sua empresa são coletadas das diversas fontes internas e externas, filtradas e organizadas de acordo com a sua necessidade e, através de gráficos e painéis, dão suporte a uma......

Voltar para Notícias